Blog / Notícias

5 dicas para organizar o financeiro da sua empresa

Organizar o financeiro da empresa não é algo tão difícil, no entanto, muitos empreendedores se perdem na hora de controlar as entradas e saídas de dinheiro. É nessa hora que o negócio pode ser muito prejudicado.

Uma das estratégias muito básicas para organizar as finanças empresariais é o fluxo de caixa, essa ferramenta registra todas as operações do negócio e com isso, é possível saber como está a saúde financeira da sua empresa de uma forma bem simples.

Entenda como fazer isso agora mesmo!

Para organizar o financeiro da empresa, separe as contas pessoais e da empresa

Ainda existe empresários que misturam as contas e que usam o dinheiro da empresa como se fosse seu. Infelizmente essa prática leva o negócio ao caos e pode gerar um sério problema de escassez de recursos para manter as atividades, bem como sérios riscos com a fiscalização.

É importante separar as contas rigorosamente, quanto aos ganhos dos sócios do negócio, é fundamental estipular o dia certo e a porcentagem de dinheiro que pode ser retirada da empresa como forma de remuneração.

Registre todas as contas a pagar e receber

Se a empresa for pequena, organizar o financeiro da empresa pode ser mais simples e precisa somente de uma planilha simples no Excel informando as entradas de valores e saídas.

É necessário também registrar o fluxo de caixa de períodos futuros e previsões de recebimentos e pagamentos. Desse modo, o gestor tem uma visão mais ampla do negócio e não vive um dia de cada vez nas finanças.

Essa projeção é excelente inclusive para ajudar na tomada de decisões e nas ações de marketing.

Empresas maiores podem contar com a ajuda de softwares especializados onde são registradas as compras, vendas, recebimentos, pagamentos e ter acesso a informações muito importantes sobre as finanças da empresa.

Negocie condições apropriadas de pagamento com os fornecedores

Quando existe um controle financeiro, é possível ajustar os pagamentos aos fornecedores em uma data mais apropriada e que não vá prejudicar o fluxo.

É importante que a empresa não atrase as contas, pois isso pode gerar muitas multas desnecessárias. Com uma provisão de entradas e saídas bem feitas, esse problema dificilmente acontecerá.

Por esse motivo, é fundamental ter uma gestão de fornecedores bem eficientes, escolha cada um a dedo e fortaleça esse relacionamento para conseguir bons preços e prazos.

Estabeleça uma rotina para organizar as finanças

A melhor forma de não deixar que nada passe em branco é contratando um profissional especializado para o financeiro da empresa, dessa forma, tudo ficará registrado.

Caso ainda não seja possível, é fundamental organizar o financeiro da empresa através de uma sequência de ações diárias, onde tudo deve ser verificado e registrado, desde as entradas, saídas, notas fiscais, prazos e outros.

O departamento financeiro gera um trabalho constante, portanto, é importante não deixar acumular as tarefas e sempre identificar pontos de melhorias na operação.

Acompanhe os números constantemente

Fique de olho nos indicadores de origem de cada receita e destino de cada despesa. É importante que o gestor entenda essas particularidades para melhorar a tomada de decisões no geral, bem como saber onde vai investir mais recursos dentro do negócio.

Organizar o financeiro da empresa exige estratégias para que o gestor use os recursos do negócio de uma forma consciente.

Os relatórios financeiros servem justamente para melhorar o fluxo de atividades do negócio e ainda, fazer novos investimentos em melhorias, por isso essa ação jamais pode ser ignorada.

Por fim, analisar, registrar e acompanhar são a base de um controle  financeiro bem executado, sem esses recursos fica impossível gerir um negócio de forma eficiente e ainda, obter lucratividade.

Se você tiver dúvidas, pergunte ao seu contador, ele poderá ajudar!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos que você também pode gostar: