Blog / Notícias

5 mudanças de hábitos financeiros para melhorar o caixa da sua empresa

Os empreendedores têm muitos desafios a serem superados, em especial a condução do fluxo de caixa que deve ser realizado com assertividade para não comprometer as finanças. A verdade é que existem algumas mudanças de hábitos financeiros que podem contribuir para o melhor desempenho da empresa.

Ter hábitos saudáveis nos negócios é tão importante quanto na vida pessoal, pois é através deles que cuidamos de nosso emocional, objetivos e do dinheiro.

Com a mudança de mentalidade é possível fazer melhores escolhas no direcionamento dos negócios.

Mudanças de hábitos financeiros que fazem a diferença

Muitos empreendedores se perdem na hora de organizar as finanças, infelizmente, essa ação pode fazer com que as empresas acumulem dívidas e deixem de cumprir as obrigações acessórias que podem levar a altas multas.

De acordo com o IBGE, cerca de 70% das empresas fecham as portas antes de completar 10 anos de vida. A falta de uma boa gestão financeira é responsável pela maioria das falências.

Por isso, determinar mudanças de hábitos financeiros pode ser a salvação do negócio. Confira os principais!

1- Redobre a atenção no fluxo de caixa

Para crescer, as empresas de pequeno e médio porte precisam cuidar das entradas e saídas de recursos. Somente dessa forma é possível saber exatamente o quanto a empresa tem em caixa para investir em melhorias, novos produtos ou até mesmo na reposição de estoques.

Os registros do fluxo de caixa ajudam a analisar a margem de lucro, margem de contribuição e outros indicadores que permitem a expansão do negócio.

2- Não misture contas pessoais com as contas da empresa

Essa é uma das principais mudanças de hábitos financeiros que precisam ser adotadas para permitir que o negócio prospere.

O desafio das empresas deve ser se destacar no mercado para faturar mais, no entanto, alguns empreendedores dificultam o processo de crescimento, pois utilizam os recursos da empresa para gastos pessoais.

Não é incomum encontrar gestores que lidam com as finanças pessoais e empresariais igualmente, no entanto, isso é um grande erro e mostra o total descontrole que pode levar o negócio a falência.

3- Acompanhe o setor financeiro através de softwares

Por mais que a empresa tenha um time especializado no departamento financeiro, os olhos do dono precisam estar atentos a movimentação para saber a hora certa de tomar determinadas decisões.

Para conseguir isso, é fundamental investir em um software que permite a visualização da situação mesmo à distância, ou seja, não importa onde estiver terá acesso às informações valiosas do negócio.

O fato de cronometrar as compras, vendas e investimentos realizados já é uma das mudanças de hábitos financeiros  que podem ser muito significativas no futuro da empresa.

4- Organize o dinheiro e invista 

Se a empresa já estiver sólida, com caixa positivo, então, aprenda a investir o dinheiro para render mais. 

Separe os gastos fixos, os gastos variáveis  e reduza o que for possível para conseguir criar um plano futuro de expansão. Deixar o dinheiro no caixa sem uso pode criar uma falsa ilusão de que está sobrando e as chances de gastar com questões desnecessárias são maiores.

Aprenda sobre os melhores investimentos para empresas e comece agora mesmo a fazer o dinheiro render mais.

5- Tenha um fundo de reserva para emergências

É difícil prever o futuro, muitas coisas podem acontecer com o mercado, os fornecedores, crises e afins. Toda a empresa precisa ter uma reserva para conseguir sobreviver alguns meses sem depender do faturamento usual do mês.

A maioria das empresas não tem essa reserva, quando sobram recursos, já fazem novos investimentos, entretanto, o fundo de reserva sempre deve ser uma prioridade não só na vida empresarial, como pessoal.

O fundo de reserva também é uma estratégia para construir patrimônio.

Sem dúvida nenhuma, essa é uma das mudanças de hábitos financeiros que podem preparar a empresa para as oscilações da economia e manter a saúde do negócio.

Leia também:

Quais os desafios do empreendedor para superar a crise?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos que você também pode gostar: