Blog / Notícias

Comércio Varejista: 5 motivos que comprovam a importância da contabilidade para seu negócio

A contabilidade para o comércio varejista é de suma importância para a saúde financeira da empresa. Mesmo sabendo disso, muitos gestores de lojas de vestuário, calçados, utilidades, acessórios e outros produtos, não dão a devida importância para esse controle das contas e o relatórios contábeis.

O empresário, sobretudo o de pequeno porte, precisa entender que a contabilidade não é uma burocracia, mas sim, uma aliada para fazer com que o negócio cresça de maneira contundente.

Anotar as entradas e saídas não é o único recurso para um controle financeiro bem feito, o comércio varejista exige bastante conhecimento no ramo de negócio, pois cada segmento tem suas particularidades na formação de custos, cálculo de preço de venda e outros.

Por isso, a contabilidade no comércio varejista é uma necessidade. Avalie outros motivos do porquê um comerciante não pode dispensar esses serviços!

Avaliação da lucratividade

É grande o número de comerciantes que fazem o cálculo do preço venda errado e com isso, colocam em risco todo o lucro da empresa.

O mecanismo do varejo é adquirir a mercadoria, armazenar e vender. Mas, durante esses processos, existem custos que precisam ser somados e embutidos na hora da venda.

Alguns desses custos são o frete, impostos, custos de armazenagem e mão de obra envolvida. 

O custo da armazenagem sempre deve ser dividido pelas unidades armazenadas (metros cúbicos e dias). Essas considerações mostram que o estoque deve ser controlado com bastante afinco, pois quando há uma grande quantidade de estoque, as margens de lucros são comprometidas.

O gestor precisa avaliar a capacidade da empresa antes de fazer uma grande estocagem.

Conhecendo todos esses aspectos de estoque, impostos à pagar e outros custos , pode-se então, calcular o preço de venda. É justamente aí que muitos comerciantes erram, pois não fazem essa conta, apenas, colocam um preço aleatório em cima, ou ditam preço de acordo com a concorrência, sem avaliar o que de fato é importante para manter a saúde financeira do negócio em dia.

É por isso que existe a contabilidade, os profissionais podem ajudar o comerciante a entender todos os custos que envolvem a sua operação e determinar se o negócio está tendo lucro ou não.

Facilidade na administração do negócio

Acompanhar os números da empresa através de relatórios gerenciais é a forma mais rápida de entender o negócio em questão de minutos.

A contabilidade para o comércio varejista proporciona mais versatilidade no entendimento dos relatórios de compras, vendas, estoque, finanças e outros. Essas informações podem ajudar muito na tomada de decisões.

Citamos o balanço patrimonial, esse relatório é importante para mostrar o quanto a empresa tem em estoque, o valor que ela deve (contas à Pagar) e o que ainda falta para receber dos seus clientes.

É um resumo bem elaborado, onde qualquer gestor consegue entender, desse modo, ele pode agir conforme a necessidade da empresa que pode ser: aumentar as vendas para cobrir os custos, mudar os preços de venda para ter maior lucratividade ou qualquer outra decisão que pode ser tomada com base no que o relatório apontou.

Controle de documentos importantes

Sabe-se que toda a empresa precisa guardar documentos importantes por um certo período de tempo. O papel da contabilidade é usar esses papéis para gerar guias de pagamentos de impostos e fazer relatórios.

Além disso, pode ensinar os colaboradores da sua empresa como eles podem ser armazenados e por quanto tempo.

A orientação nesse quesito é fundamental, pois a falta de organização da empresa pode gerar multas.

Auxílio no cumprimento das obrigações da empresa perante os órgãos competentes

O papel da contabilidade para o comércio varejista é justamente obedecer às normas e fazer cumprir as obrigações acessórias que uma empresa tem com a apuração de impostos e o pagamento em si.

Quando uma empresa não cumpre essas obrigações, ela está passível de fiscalização tributária, erros dessa natureza envolvem multas, complicações judiciais e até bloqueios.

Todos esses problemas comprometem a lucratividade, fazendo com que muitas sejam levadas à falência. Por isso, é fundamental ter uma contabilidade que ajude o negócio a cumprir todas as suas exigências legais para continuar ativa e lucrativa.

A contabilidade comércio varejista orienta  na escolha das melhores decisões com relação aos impostos

São muitas as mudanças e decisões que devem ser tomadas durante a vigência de um negócio. Todavia, isso não precisa ser um problema, uma vez que a contabilidade poderá ajudar.

Uma questão bastante importante é a “escolha do regime de tributação”, essa seleção de normas tributárias que são impostas ao seu negócio, podem ser decisivas na lucratividade da empresa.

O contador é o profissional responsável por orientar a empresa no regime de tributação que possui alíquotas menores e obrigações acessórias reduzidas, com isso, o comerciante vai pagar menos impostos e ampliar seus ganhos dentro do que é permitido na lei.

A decisão sempre deve ser tomada pelo contador experiente e que avalia os benefícios e desafios de cada regime de tributação, desse modo, é simples eleger o que será mais viável para o seu cliente.

Uma empresa enquadrada em um regime de tributação errada, pode pagar mais impostos do que realmente deveria. Por isso, a contabilidade para o comércio varejista é uma grande necessidade para ajudar o seu negócio a não perder dinheiro.

E nesta questão o Senhor Contábil pode te ajudar! Nossos atendentes especializados poderão te auxiliar no melhor para a gestão do seu comércio e loja. Traga sua empresa para o Senhor Contábil!

Gostou do nosso conteúdo? Confira também: O que um serviço contábil deve fazer pela minha empresa?

  • 34
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    34
    Shares
  • 34
    Shares