Blog / Notícias

Contabilidade para engenheiros: Um guia completo de como abrir o seu escritório

Através de seus projetos os Engenheiros conseguem materializar os sonhos das pessoas, tanto pessoais quanto profissionais. Todavia, para conseguir por em prática tudo o que aprenderam durante os estudos e experiências, é necessário a formalização.

Embora muitos profissionais comecem trabalhando como funcionários em empresas, esta fase é uma vivência passageira para aprender coisas novas e montar o seu próprio negócio. É nessa etapa da vida que a contabilidade para engenheiros pode ajudar em todos os trâmites legais para dar os primeiros passos.

Um estudo divulgado pela Confederação Nacional da Indústria – CNI aponta que de 40 mil engenheiros que se formam, mais de 50% deles escolhem a engenharia civil, um setor em crescimento constante.

Como montar um escritório de engenharia?

A abertura de uma empresa, independente do porte exige uma grande dedicação, afinal, nem todos as profissões estão preparadas para lidar com o gerenciamento de um negócio, que aliás, pode ser complexo.

Contudo, é importante ter em mente que a gestão de uma empresa é a base do sucesso. Organização e planejamento determinam a capacidade dos engenheiros realizarem projetos satisfatórios, e dessa forma conseguirem um bom lucro pelo seu trabalho.

Em síntese, não basta ter somente uma qualificação técnica, é necessário ter visão de negócio e uma gestão competente. Todavia, nem tudo está perdido, pois é justamente nesse ponto que entra a contabilidade para engenheiros, onde é possível terceirizar tais funções.

Como os estudos em engenharia são focados em conhecimentos técnicos, a assessoria de um contador é essencial na fase de abertura do negócio. Pois essa área aborda toda a questão burocrática e gerencial.

Para Fabio Luiz di Favari – Fundador do Senhor Contábil, os engenheiros que buscam ajuda de profissionais competentes não encontrarão dificuldades de abrir seu próprio negócio. O especialista ainda aponta quais são os trâmites iniciais para dar o primeiro passo, entre eles:

  • Registro no CREA, tanto da empresa como do responsável técnico que irá assinar os projetos;
  • Organização de toda a documentação necessária para ambos os processos e abertura da empresa;
  • Pagamento de taxas de registro;
  • Abertura de CNPJ;
  • Registro na Junta Comercial do município;
  • Alvará de funcionamento;
  • Licenças cabíveis.

Além de todos esses serviços, a contabilidade para engenheiros é a responsável também pelo:

  • Registro de CNAEs;
  • Definição do formato jurídico;
  • Enquadramento do melhor regime tributário para o segmento;
  • Análise do porte jurídico.

Quando tudo isso for feito por uma assessoria especializada, as etapas podem levar uma média de 15 a 40 dias, vai depender dos órgãos públicos também.

Para abrir uma empresa de engenharia, precisa ser engenheiro?


O empresário fundador de um escritório de construção civil não precisa ser um engenheiro, ele pode ser um administrador por exemplo. Porém, tem algumas regras.

Se for uma empresa de engenharia que leva o nome próprio de alguém, então, é fundamental que esse profissional esteja no quadro societário e seja o responsável pelos projetos.

Todavia, se for uma empresa LTDA, é obrigatório ter um engenheiro no quadro de responsáveis técnicos para assinar os projetos, não necessariamente ser um sócio, pode ser um funcionário. Esse profissional deve ser registrado no CREA.

Na realidade, é preciso analisar diversos aspectos nesse caso, como o formato e porte jurídico, regime tributário e outras questões contábeis.
Por isso, é fundamental contar com a assessoria responsável de uma contabilidade para engenheiros.

Fontes: CNI e Senhor Contábil

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •