Blog / Notícias

Contabilidade para médicos – Saiba tudo sobre isso!

A contabilidade para médicos é importante para que o profissional desempenhe suas funções dentro da legislação e também, consiga crescer dentro do seu modelo de atuação.

Os médicos podem atuar de diversas formas, entre elas: como autônomos, PJ ou como CLT.

No regime CLT, a contabilidade para médicos não é necessária, pois o profissional possui um contrato onde especifica o total de horas mensais a serem trabalhadas em prol de um salário fixo.

Ou seja, as regras de tributação para os médicos nesse caso, são as mesmas que as aplicadas para os demais trabalhadores CLT. Além disso, o profissional da saúde ainda possui todos os direitos e deveres previstos na legislação.

Todavia, os médicos ainda podem atuar como autônomo ou pessoa jurídica ( PJ). Ambas alternativas permitem maior flexibilidade na prestação dos serviços. Entenda melhor!

Como fazer contabilidade para médicos autônomos?

As contribuições que o médico autônomo deve fazer são: INSS, IRRF e ISS. Contudo, esses impostos são retidos pelo contratante, que pode ser uma clínica, empresa ou hospital.

A Instituição precisa fazer a emissão do RPA ( Recibo de Pagamento de Autônomos) para fazer o recolhimento dos impostos devidos.

Via de regra, a contabilidade para médicos autônomos não é necessária, uma vez que é a contratante que realiza o recolhimento dos impostos desse profissional.

As alíquotas do INSS variam entre 8 a 11%, com valor máximo de R$642,34 por mês. O IRRF fica entre 0 a 27,5% da faixa de rendimento mensal.

Os profissionais que recebem até R$1903,98 ficam isentos e aqueles que recebem mais de R$4664,68 pagam 27,5%.

O médico autônomo ainda precisa pagar o ISS, as alíquotas variam de acordo com o município, entretanto, a faixa é de 2 a 5%.

Como funciona o PJ para médicos?

Os profissionais que desejam atuar como PJ podem fazer o recolhimento do próprio imposto. Nesse caso, a orientação da contabilidade para médicos pode ser extremamente importante para avaliar a questão do regime tributário.

Caso o CNPJ do médico esteja enquadrado no Simples Nacional, os seguintes impostos devem ser pagos:

  1. DAS – Imposto que incide sobre o faturamento total da empresa, as alíquotas começam em 6%;
  2. Contribuição para a previdência social baseado no pró labore, nesse caso, a alíquota é de 11%;
  3. IRRF – Calculado com base no pró labore, até R$1903,98 isenção, à partir desse valor, a alíquota é de 7,5% a 27,5%;

A contratação de uma contabilidade para médicos ajuda o profissional a manter suas obrigações em dia, pois cuida de toda a burocracia de apuração dos impostos, orientação para emissão de notas fiscais, envio de declarações e obrigações acessórias.

Qual é o melhor tipo de empresa para médicos?

 Abrir um CNPJ exige análises, sobretudo na área médica. É importante definir quais são as atividades que serão realizadas, estrutura de sócios, forma de atuação, expectativa de faturamento e outros.

É justamente aí que entra a contabilidade para médicos. O profissional da saúde precisa de uma assessoria do contador para orientar de maneira correta qual é o tipo de empresa que se enquadra em suas expectativas.

Através dessas informações importantes, é escolhido o regime tributário para iniciar todo o processo de registro da empresa.

A contratação da contabilidade para médicos vai conferir economia de impostos e  o atendimento a todas as normas previstas pela legislação.

Os tipos de empresas para médicos são:

  1. Microempresa – Tem um limite de faturamento anual de R$360mil por ano. Pode ter no máximo até 9 funcionários.
  2. EPP – Empresa de Pequeno Porte – Faturamento superior a R$360 mil até R$4,8 milhões por ano. Por se tratar de um porte maior, a empresa EPP pode ter de 10 a 49 funcionários;
  3. EMP – Empresa de Médio Porte– Sem limite de faturamento, mas precisa ter entre 50 a 99 funcionários;

O suporte que a contabilidade para médicos oferece, avalia qual é a previsão de faturamento, quadro societário, número de funcionários e outros aspectos para definir o tipo de empresa e posteriormente, a natureza jurídica e o regime de tributação.

A natureza jurídica é que vai determinar as regras e responsabilidades do médico diante da pessoa jurídica. Elas podem ser: Empresário Individual de Responsabilidade Limitada ( EIRELI), Sociedade de Médicos e Profissionais da Saúde ou Sociedade Unipessoal Limitada ( SLU).

Enquanto que o regime de tributação, é o conjunto de leis que determinam os impostos que a empresa vai pagar. No Brasil,  são eles:

– Simples Nacional – Alíquotas mais baixas e todos os impostos são cobrados em uma guia única. É mais simples e facilita a contabilidade para médicos de microempresas e pequenas empresas.

– Lucro Presumido – Empresas com receita bruta menor que R$78 milhões, se enquadram nesse regime de tributação.

– Lucro Real – É destinado para empresas que têm rendimento acima de R$78 milhões anuais ou rendimento de capital no exterior.

Diante de tantas escolhas a serem feitas, a avaliação de uma contabilidade para médicos é fundamental para começar um negócio de maneira correta.

Dicas para fazer a contabilidade para médicos

Contar com a assessoria de um contador especializado fará toda a diferença para os médicos que querem atuar de maneira legal e sem nenhuma dor de cabeça com relação à burocracia.

Além do cumprimento da legislação, a contabilidade para médicos confere mais oportunidades de crescimento, uma vez que o profissional poderá se concentrar em suas atividades ao invés de se preocupar com esses trâmites.

Manter a organização nas atividades e um contador especializado vai garantir sucesso na gestão do negócio. Para auxiliar nesse processo, é importante seguir algumas dicas, por exemplo:

  1. Não misture as contas pessoais com as contas da empresa;
  2. Mantenha um controle interno das finanças realizando um fluxo de caixa;
  3. Entenda mais sobre os tributos que devem ser pagos pela categoria/empresa;

E principalmente, contrate uma contabilidade para médicos confiável e que possa orientar corretamente todos os processos.

Uma boa alternativa de contabilidade para médicos é a contabilidade online. A plataforma é moderna e pode ser acessada em qualquer horário e lugar.

Dessa forma, os profissionais têm o controle na palma da mão sempre que precisar. Afinal, sabe-se que os médicos não têm muito tempo para cuidar de burocracias.

Outra vantagem de investir em uma contabilidade para médicos online é a facilidade de conseguir suporte com os contadores e o valor reduzido das mensalidades.

Dúvidas? Fale com o Senhor Contábil, a plataforma de contabilidade online que veio para ajudar os empresários a gerir suas obrigações com a legislação de um modo fácil e econômico.

Saiba mais sobre a contabilidade para outras profissões!

Contabilidade para engenheiros

Contabilidade para empreendedores

Contabilidade para Feng Shui

Contabilidade para Igreja

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos que você também pode gostar: