Blog / Notícias

O que é planejamento tributário e quais são seus objetivos?

 O planejamento tributário é uma estratégia importante que visa buscar maneiras dentro da lei para reduzir a carga tributária da empresa. 

 Cumprir as obrigações fiscais e tributárias do negócio de maneira organizada é um grande desafio para muitos gestores. Contudo, os empreendedores têm como grande aliado nessa missão, a contabilidade.

Quais os objetivos do planejamento tributário?

Quando bem executado, o planejamento tributário auxilia a empresa a reduzir os impostos, contribuições e taxas. Dessa maneira, ela terá mais recursos para se tornar competitiva através da prática de melhores preços e possibilidades de investir no crescimento do negócio.

O procedimento é previsto pela legislação. Contudo, muitas empresas não sabem que essa possibilidade existe e acabam pagando uma tributação excessiva quando não realizam o planejamento tributário.

Além da redução do montante do tributo, as empresas podem conseguir o adiamento do pagamento e as multas. No entanto, para isso acontecer é necessário contar com uma assessoria contábil que permita a realização desse planejamento.

Empresas que fazem o planejamento tributário, conseguem maximizar seus lucros.

Em resumo, os objetivos do planejamento tributário são:

#Aproveitamento dos incentivos fiscais

Existem situações onde as empresas pagam mais taxas do que deveriam, isso ocorre porque não fazem o planejamento tributário. Através dessa estratégia é possível visualizar novas oportunidades, como por exemplo, os incentivos fiscais estabelecidos pela lei para determinados ramos de atividades.

#Adiamento de pagamento de tributos e multas

Muitas empresas se vêem endividadas por causa de impostos e multas devidas. Isso pode acabar com o capital de giro e comprometer o negócio.

Contudo, existem possibilidades dentro da lei de postergar o pagamento dessas dívidas.

Esse é um dos objetivos do planejamento tributário, ele permite que os pagamentos possam ser feitos por meio de regimes de caixa, em que os registros são feitos à partir da data de pagamento, ou então, de competência, onde os registros são feitos na data da ocorrência.

Dessa forma, o governo pode receber o pagamento desses tributos após a retenção do valor comercial pela empresa, fato que contribui para melhorar o capital de giro.

#Melhor escolha do regime tributário gerando economia nos impostos

Os impostos são uma despesa expressiva nas empresas, geralmente consome cerca de 30% das receitas do negócio.

Por isso, um dos objetivos do planejamento tributário é realizar uma boa escolha de regime tributário, afinal de contas, esse é o formato de apuração de  recolhimento de impostos que a empresa vai seguir.

Cada modelo tem suas definições e dentro desses regimes, a empresa deve observar as regras. 

Como é feito o planejamento tributário?

O único meio de fazer o planejamento tributário para microempresas e empresas de pequeno porte  eficiente é através da coleta de dados sobre o negócio e de uma assessoria de contabilidade que possui conhecimento da legislação tributária.

Empresas de grande porte ainda podem incluir uma assessoria jurídica nesse time.

O diálogo entre o empreendedor e o profissional contratado deve ser o mais claro possível. É fundamental falar dos objetivos e todos os pontos importantes sobre a empresa para que a contabilidade entenda mais sobre o negócio e tenha uma visão sobre as atitudes que precisam ser tomadas para que a empresa se desenvolva.

Nessa coleta de dados para o planejamento tributário, serão analisados o porte da empresa, o enquadramento tributário, atividades do negócio e todas as questões operacionais, administrativas, contábeis e financeiras.

Quanto mais informações analisadas sobre o que pode impactar o pagamento de tributos, mais fácil será a escolha de um regime tributário vantajoso.

Ademais, os tipos de produtos e serviços comercializados também podem interferir na tributação. 

Outro ponto importante são os ciclos operacionais do negócio, que também  devem ser compreendidos para serem organizados.

É importante salientar que todas as medidas a respeito do planejamento tributário são tomadas com base na legislação vigente. Dessa forma, a empresa segue as regras sem futuros problemas com os órgãos governamentais.

Quer saber mais sobre o planejamento tributário? Converse com seu contador a respeito!

Se você quer conhecer uma contabilidade moderna e completamente online para gerir o seu negócio. Clique aqui e conheça o Senhor Contábil.

Somos especialistas em assessorar microempresas e empresas de pequeno porte através de uma plataforma de última geração, onde os clientes podem acompanhar a evolução do seu negócio de qualquer lugar.

Entre em contato e saiba mais!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos que você também pode gostar: