Blog / Notícias

Descubra o Ponto de Equilíbrio da sua empresa!

Ponto-De-Equilibrio

Muitos empresários não sabem o que é “ponto de equilíbrio”, por isso, não é incomum que os gastos passem a superar as vendas em alguns casos.

O ponto do equilíbrio nada mais é do que o caminho para uma empresa se manter ativa no mercado. Ou seja, é quando o gestor sabe exatamente quanto ele deve vender durante um determinado período, para pagar todas as despesas de uma forma que não tenha lucro e nem prejuízo.

Esse marcador é muito importante, pois através dele é possível analisar se o negócio está tendo lucro ou prejuízo.

Como encontrar o ponto de equilíbrio da empresa?

Embora pareça complicado, é muito simples fazer esse cálculo. Primeiramente, vamos explicar como funciona na prática através de um exemplo:

Digamos que você tenha um negócio de Esmalteria, cujo seu ponto de equilíbrio seja de 20 pés e mãos por dia (520 por mês), entretanto, falta 10 dias para acabar o mês e seu estabelecimento conseguiu atender somente 300.

O gestor dessa esmalteria sabe que precisa de 120 pés e mãos para fechar o ponto de equilíbrio para chegar no zero a zero, ou seja, pagar as despesas. Então, ele precisa pelo menos fazer 12 por dia para conseguir fechar o mês sem prejuízo.

Com esses dados em mãos, o gestor engaja seus funcionários a conseguir bater as metas para atingir o ponto de equilíbrio e ultrapassá-lo, pois na verdade ele quer ter lucros.

Muitos empreendedores fecham as portas antes que a empresa complete 2 anos de vida, em muitos casos isso se deve à falta de conhecimento do faturamento mínimo que o negócio precisa ter para manter o funcionamento, ou seja, cobrir os custos fixos e variáveis.

Custos fixos são aqueles que não mudam, independente da situação como: Aluguel, seguro, limpeza e outros. Por sua vez, os custos variáveis são aqueles que podem sofrer mudanças ao longo do tempo, por exemplo: Matéria prima, mão de obra, ações de marketing e etc.

Através do custo fixo e custo variável é possível calcular o ponto de equilíbrio tanto por unidades vendidas ou por faturamento.

Cálculo do Ponto do Equilíbrio

Controle financeiro e contabilidade em dia é fundamental para conseguir analisar todas as informações necessárias.

O escritório contábil pode ser um aliado para conseguir todos os dados necessários para realizar o cálculo, serão necessários:

#Ter uma projeção de receitas

É fundamental calcular o volume e preço dos produtos de alguns períodos anteriores, especialmente se você é daqueles gestores que não sabe o custo variável do produto.

As receitas são os preços individuais multiplicados pelo volume vendido.

#Tenha em mente quais são os custos variáveis e fixos do negócio

Entender quais são as despesas de um empresa é fundamental para saber quais os preços devem ser praticados para não só atingir o ponto de equilíbrio, mas também, obter a rentabilidade.

Tenha uma planilha com todos os custos variáveis, inclusive aqueles utilizados para produzir um serviço ou produto. Posteriormente, faça o mesmo com os custos fixos.

Em suma, segue o exemplo da fórmula:

  1. Custos fixos e despesas = 2000,00
  2. Custos variáveis = 5000,00
  3. Total de vendas = 20,000,00
  4. Percentual do custo variável = Custo variável/vendas = 5000,00 / 20.00,00 = 250 (margem de contribuição).

Ponto de Equilíbrio contábil ficaria assim: Custos e despesas fixas 2.000,00 / Margem de contribuição 250 = 8,000,00

Isso significa que sua empresa precisa vender 8 mil para se manter no ponto de equilíbrio, ou seja, ficar no zero a zero. Todavia sabemos que o objetivo não é esse, mas sim, vender mais para obter a lucratividade.

O ponto de equilíbrio é na verdade um objetivo a ser atingido para que a empresa jamais fique no vermelho gastando mais do que fatura.

Se você ainda não consegue fazer esse cálculo sozinho, busque ajuda de uma assessoria contábil especializada e tenha um norte para onde seu negócio deve seguir!

Você pode contar com o Senhor Contábil, fale com um de nossos atendentes e conheça nossas vantagens e como podemos ajudar sua empresa!

Gostou do nosso conteúdo?

Confira também: Sócio paga dívida da empresa? Entenda até onde vai a responsabilidade

Siga-nos no Instagram

  • 60
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    60
    Shares
  • 60
    Shares